quem sou

Eu, Juno Nedel, sou um jornalista, pesquisador e artista transmasculino. Atualmente vivo em São Paulo (SP) e sou natural de Florianópolis (SC).

Trabalho como webdesigner, social media, ilustrador e diagramador. Sou formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e mestrando em História Global pela mesma instituição.

Além disso, também sou artista circense. Faço parte da Cia Fundo Mundo (@ciafundomundo), a primeira companhia circense formada apenas por pessoas trans, travestis e não-binárias no Brasil.

Sou autor de dois livros: “Desvairadas: Histórias de pessoas LGBT em Florianópolis, capital de Santa Catarina” (UFSC, 2014) e “Contos do Machado” (Editora Novo Século, 2018). Também editei o webdocumentário Mulheres de Luta, financiado pela CAPES.

Atualmente sou pesquisador vinculado ao LEGH/UFSC e integrante do NETRANS – UFSC/CNPq. Dedico-me principalmente ao estudo das questões de gênero, sexualidades, corporalidades dissidentes e temporalidades alternativas.

PUBLICAÇÕES

Sou autor de dois livros e uma série de artigos acadêmicos. Saiba mais sobre meus escritos abaixo! 

LIVRO-REPORTAGEM

desvairadas: histórias de pessoas lgbt em florianópolis, capital de santa catarina

Este livro-reportagem foi produzido de maneira independente e apresentado como TCC do curso de Jornalismo em 2014, com o intuito de oferecer narrativas jornalísticas sobre pessoas LGBT que fujam do olhar de exotificação e patologização habitualmente encontrado em reportagens dos meios de comunicação hegemônicos. Por esse motivo, a reprodução deste material é livre e fortemente estimulada.

livro de ficção ilustrado

contos do machado

Este é um livro de ficção elaborado na companhia de Maurizio Ruzzi e publicado em 2018 pela Editora Novo Século. Como um de seus autores, fui responsável pelo projeto gráfico, diagramação e ilustrações presentes na obra. Você pode adquirir este livro online ou comigo, caso prefira retirá-lo presencialmente.

webdoc

projeto multimídia

MUlheres de luta

Em 2019, tive a oportunidade de editar o webdocumentário “Mulheres de Luta: Feminismo e esquerdas no Brasil (1964-1985)”, financiado pela CAPES e coordenado pela professora dra. Cristina Sheibe Wolff. 

Um webdoc é uma mídia que tem como objetivo documentar o real por meio de tecnologia digital interativa (vídeos, fotos, áudios, linguagem de programação, etc).

Em um webdocumentário, o espectador possui um papel ativo na construção da narrativa: é o espectador quem decide o que assistir primeiro, por quais linhas narrativas seguir, em quanto tempo vai assistir.

Foto de capa
um pouquinho sobre meu trabalho nos palcos

Portfólio artístico

Faço parte da Cia Fundo Mundo, a primeira companhia circense formada apenas por pessoas trans, travestis e não-binárias no Brasil. Nosso trabalho é uma forma radical de vínculo com a vida, pois acreditamos na arte como retorno e como possibilidade de expandir diálogos com outras comunidades.

Sui Generis é o nome do espetáculo que abre as nossas portas. Nele, abordamos temáticas de gênero e sexualidade de uma maneira ácida, provocativa e carregada de humor. Estreamos em 2018 e já fizemos apresentações em Florianópolis (SC), Balneário Camboriú (SC), Curitiba (PR), Ribeirão Preto (SP), São Paulo (SP), Londrina (PR), Eusébio (CE) e Fortaleza (CE).

MANDE SUGESTÕES, CRÍTICAS, JOBS

CONTATO

Responderei assim que possível.